Sergio Moro agora desafia e quer publicação integral das conversas

Em entrevista ao jornal Estado de São Paulo, Sergio Moro falou sobre os vazamentos produzidos pelo The Intercept em que ele e o chefe da força tarefa da lava jato, Deltan Dallagnol, aparecem conversando, combinando ações e estratégias em prol da condenação de Lula. No bate-papo, ele diz que é vítima de uma organização criminosa, que não fez nada de errado e desafia para que tudo seja publicado.

O dado relevante é que agora seu discurso muda mais uma vez, com uma pitada nuançada nova no seu discurso. Na primeira versão, o foco era sobre os hackers. Depois, o ministro falou sobre a possível adulteração das conversas. Agora desafia sobre sua publicação integral.

Vale lembrar que o jornalista Glenn Greenwald do The Intercept usou suas redes sociais, para lembrar sobre como ocorreu a divulgação do caso Snowden, que lhe valeu o prêmio pulitzer. Os envolvidos negaram, colocaram em dúvida o conteúdo dos vazamentos e depois terminaram como mentirosos.

A alteração no discurso de Moro produz a compreensão de que ele foi orientado a não mais falar em adulteração das mensagens trocadas com o procurador da lava jato.

Deixe um Comentário