Sobre a institucionalização do fura fila da vacina

Os laboratórios, pela forte demanda em momento óbvio de pandemia, estão vendendo apenas aos países. E são os governos que estão comprando para distribuição junto as suas populações. Isto significa que, ao menos nesse primeiro momento, as empresas no Brasil só conseguirão comprar vacinas, caso o governo autorize, abrindo mão dele mesmo fazer.

Na prática, como o governo federal autorizou, isto criará uma fila paralela em que jovens serão vacinados primeiro do que idosos. O governo federal nem de longe tem doses para todo mundo. Esta compra privada não está ocorrendo um nenhum lugar do mundo.

Deixe um Comentário