Sobre entregar o forte dos Reis Magos para a gestão da iniciativa privada

Pensar em entregar o forte dos Reis Magos para a administração e exploração da iniciativa privada deve ser uma possibilidade.

A proposta foi levantada pelo governo federal. De partida, não vejo problema em refletir sobre o assunto.

O Estado tem dificuldade de cuidar do equipamento. Por que não imaginar uma espécie de parceria com algum investidor em troca de contrapartidas objetivas?

A recusa da opção, se ocorrer, deve ser tecnicamente fundamentada e não alicerçada em mera ideologia.

Deixe um Comentário