Styvenson vai “tomar” a CPI da covid no RN e fazer os deputados de bobos

O senador Styvenson Valentim assinou a CPI da covid no senado federal. Percebendo que o bolsonarismo no RN não gostou, nem apareceu por lá. Após um mês de comissão, já se acumulam evidências de negligência na compra de vacinas, tentativa de mudar a bula de remédios para enganar a população etc. Isto não foi suficiente para Styvenson sair da letargia.

Agora, encontrou um meio com a CPI da covid no RN protocolada pelos deputados estaduais na assembleia legislativa do RN. Quer ser o pai da investigação contra Fátima, mesmo que os contratos tenham sido fiscalizados pelo MP e auditados pela CGU e TCE.

Styvenson vai “tomar” a CPI da oposição na assembleia, que tenta fazer do espaço a formação de um palanque para 2022. O senador irá aproveitar o momento para ele ser o contraponto contra a governadora.

A questão não é corrupção nem investigação, como ele falou em entrevista no último domingo ao jornal Tribuna do Norte. Se fosse, estaria participando da CPI do senado ou brigaria para fazer funcionar a CPI estadual do arena das dunas, esta sim já aprovada e com relatórios da controladoria geral do estado acerca de irregularidades em torno de 421 milhões de reais.

Styvenson se movimenta para CPI funcionar em prol do seu nome, pois quer viabilizar sua candidatura ao governo do RN. A possibilidade dos deputados trabalharem indiretamente agora Styvenson, ficando apenas chupando os dedinhos, não pode ser desprezada.

E aí, caro leitor, vai ser interessante assistir os deputados (e seus prefeitos) fecharem acordos com Styvenson, um senador que se movimenta como um elefante numa loja de cristais quando o assunto é fazer política.

Deixe um Comentário