Tomba: um leão na CPI da Covid; um engavetador na CPI da Arena das Dunas

Deputado Tomba, membro da CPI da Arena das Dunas, votou a favor do engavetamento da CPI da Arena das Dunas. Tomba foi da base do governo de Rosalba, que assinou o contrato com a empresa construtora da Arena. Ele não se manifestou sobre o seu voto até agora.

ObservaçõesA CPI investigava o possível sobrepreço de 400 milhões, conforme apontado pela Controladoria Geral do Estado no contrato assinado na gestão de Rosalba entre o Estado e a construtora. Ela foi arquivada após Getúlio Rego pedir parecer à procuradoria da Assembleia, que disse que o prazo de 60 dias já havia sido extinto e, portanto, a comissão não poderia mais sequer votar o relatório de autoria da deputada Isolda. A procuradoria usou o regimento antigo para emitir o parecer, que não se encontra mais em vigência. Transmissões de TV foram vetadas.

O mesmo deputado Tomba sobre a CPI da Covid na AL.

ObservaçõesA CPI teve a duração de 126 dias. As sessões foram transmitidas na TV. Para isso, o regimento interno da casa foi alterado para que o prazo fosse ampliado e as transmissões autorizadas. Todos os contratos investigados foram aprovados pelo TCE e MP. A comissão decidiu pelo indiciamento do secretário de saúde e da governadora pelos 5 milhões não entregues pela empresa em respiradores. A denúncia foi feita pelo próprio governo que tenta na justiça reaver o dinheiro. O MP de Contas concluiu que o Governo não foi responsável pelo dano ao erário.

Em entrevista ao repórter 98fm: “por menos outros governadores foram afastados”.

Deixe um Comentário