Vivaldo Costa critica curanderismo da Prefeitura de Natal e diz que Caicó tem menos casos e mortes sem distribuir remédio ineficaz pra Covid-19

O deputado estadual Vivaldo Costa bateu forte ontem (25) em pronunciamento na assembleia legislativa do RN. Médico, ele defendeu a medicina baseada em evidência e não em curandeirismo.

A partir disso, criticou a distribuição de ivermectina em Natal. Além de não ter efeito, estimula a saída das pessoas à rua, que voltam pra casa e contaminam os mais velhos, enfatizou. Por fim, disse que em Caicó não há distribuição de ivermectina e os números – de mortos e de casos – são menores. Isto porque, segundo ele, ao invés de remédio ineficaz, as pessoas estão mantendo o distanciamento e os cuidados sanitários.

Natal tem 24% da população do RN e 42% das mortes no estado por Covid-19.

Deixe um Comentário