A lei é para todos: filme que fala do combate à corrupção oculta patrocinadores

A lei é para todos: filme que fala do combate à corrupção oculta patrocinadores

A pessoa faz um filme com a seguinte motivação: demonstrar o avanço do combate à corrupção. Porém, oculta seus patrocinadores. Contradição? Para este pequenino blogueiro, sim.

A alegação é que os patrocinadores não querem sofrer represálias de críticos da Lava Jato. Ora, isto incrementa a curiosidade, ao invés de fundamentar uma justificativa. Por que patrocinar um filme e não retirar os ganhos da atividade legítima?

Foram 16 milhões gastos no filme. Doaram 25 pessoas, que não quiseram se identificar.

PS. A lei passa a ser para todos se políticos forem caçados? E o judiciário e o ministério público são exemplos de controle, transparência e respeito ao Império da lei? Fala sério.

Deixe uma resposta