A preparação do golpe em andamento

O presidente Jair Bolsonaro pretende oferecer crédito para compra de casas apenas para policiais. Além de não isonômico, é uma forma de arregimentar esses profissionais para o seu projeto. Com mais de 6 mil cargos distribuídos entre membros das forças armadas, Bolsonaro tem dito que não repassará a faixa caso o voto não seja feito na modalidade impressa.

O congresso e o Supremo Tribunal Federal têm sido enfáticos na manutenção da urna eletrônica e na lisura de todo o processo. O presidente diz que as eleições de 2018 foram fraudadas. Porém, nada mostra a respeito, pois não passa de pura retórica vazia.

Bolsonaro se prepara para contestar o resultado do pleito em 2022, caso seja derrotado. Trata-se de algo que se encontra no horizonte, já que sua avaliação tem se mantido em torno de 25% da população brasileira.

Está tudo desenhado. Caberá a você, caro leitor, fazer a escolha em qual polo irá se posicionar. No golpismo ou o que respeita o funcionamento das instituições.

Deixe um Comentário