Bolsonaro volta a atacar Barroso e acusa presidente do TSE de buscar “eleição suja”

Da Tv Cultura – Nesta segunda-feira (2), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a atacar o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, por sua posição contrária ao voto impresso. Desta vez, ele questionou se “só o Barroso está certo” e afirmou que o ministro quer uma “eleição suja e não democrática”.© Divulgação/TV Cultura

“Não é voto impresso pelo voto impresso. É uma forma de se ter certeza que não vai haver manipulação. Ou só o Barroso está certo? Alguém acredita no ministro Barroso?”, declarou Bolsonaro, em conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.

“Estamos lutando e temos um limite, é fazer com que as eleições sejam limpas e democráticas. Quem quer eleição suja e não democrática é o ministro Barroso. E ele se intitula como não pode ser criticado”, acrescentou.

Horas após as declarações de Bolsonaro, 15 ex-presidentes do TSE desde 1988 e a atual cúpula divulgaram uma nota defendendo o atual modelo de eleições no Brasil. Os ministros e ex-ministros concordam que o voto impresso não é um mecanismo adequado de auditoria a se somar aos já existentes por ser menos seguro do que o voto eletrônico, em razão dos riscos decorrentes da manipulação humana e da quebra de sigilo.

Antes da divulgação da nota, o presidente questionou porque outros ministros do Supremo não se manifestavam de forma contrária: “Não consigo entender porque outras pessoas do Supremo não falam o contrário, como se o Barroso fosse o dono da verdade”, disse.

Deixe um Comentário