Câmara do Natal teme a CEI da Covid em Natal?

Uma Comissão Especial de Inquérito, para ocorrer na câmara do Natal, deve ter 1/3 das assinaturas dos parlamentares da casa. Portanto, é preciso preencher uma lista com 10 vereadores. Pelas contas, há 7 vereadores interessados.

O problema é que a casa se enredou na pandemia, fechando os olhos para o jeito de agir do prefeito Álvaro Dias. O presidente do legislativo local, Paulinho Freire, endossou todas as ações do prefeito – distribuição de ivermectina, por exemplo, é uma delas. Além disso, tem indicados na administração.

Com a operação rebotalho, que investiga pela PF, CGU e MPF a compra superfaturada de respiradores pela prefeitura do Natal, o medo começou a bater na canela.

Não interessa à base do prefeito abrir qualquer tipo de investigação. Isto atrapalha os planos para 2022 de membros da câmara, inclusive do próprio presidente Paulinho Freire, que pode sair para federal.

O que aconteceu em Natal tem altas chances de ficar impune.

Deixe um Comentário