‘Capitã Cloroquina’ é criticada por seguidores após mostrar que tomou vacina contra a Covid-19

Folha de São Paulo – Mayra Pinheiro, secretária do Ministério da Saúde conhecida como “Capitã Cloroquina” pela defesa de medicamentos sem eficácia contra a Covid-19, passou a ser criticada por seguidores nas redes sociais após ter publicado foto em que indica ter sido vacinada contra o coronavírus.

Segundo o cartão de vacinação que segura na foto, ela recebeu uma dose da Astrazeneca.

“Até a senhora doutora Mayra postando fotinha com essa vacina. Não quero nem passar perto de posto de vacinação… Não entendi, uma pessoa tão esclarecida”, escreveu uma seguidora.

“Não está vendo as reações das vacinas?”, cobrou outra.

“Esta não vou curtir, não tomo de jeito nenhum”, completou mais uma seguidora.

“Admiro muito a doutora, mas não sei se é boa ideia”, disse um seguidor.

“Na minha família ninguém vai se submeter a esse experimento”, criticou mais uma.

“Você está com o chip comunista!!!!! Mande uma mensagem no meu perfil explicando o porquê senhora. Gosto do seu trabalho e não entendi”, afirmou um seguidor.

“E mRNA? Bill Gates agradece!”, questionou mais um, referindo-se a notícias falsas e teorias da conspiração de que o fundador da Microsoft estaria implementando um sistema de monitoramento global a partir da aplicação de microchips na vacinação contra a Covid-19.

Mayra foi convidada e depôs à CPI da Covid, que aprovou a quebra de seu sigilo telemático e telefônico.

Mayra Pinheiro, secretária do Ministério da Saúde, afirma ter sido vacinada contra a Covid-19

Deixe um Comentário