Diante da pandemia, a UNP revela a total falta de compromisso com a vida da sociedade que a enriqueceu

A UNP está impedindo a colação antecipada dos alunos de medicina com mais de 96% da carga horária concluída. É um absurdo.

Seguindo o exemplo de outros países, a medida foi incentivada pelo ministério da educação pra o combate ao corona e UERN/UFRN aderiram. Isto porque, com a pandemia, toda a mão de obra de saúde será imprescindível. O MEC exige 75% do curso concluído. Para os discentes só restam menos de 4%, portanto completamente dentro da regra.

A atitude da Unp revela a total falta de compromisso com a sociedade que enriqueceu a instituição. E, se a organização não libera os seus formandos para o trabalho contra uma crise ímpar, temendo perder mensalidade, que seja pressionada por todo o povo do RN a conceder os diplomas.

Segue a nota dos alunos:

Foto: Reprodução/Instagram

Deixe um Comentário