É falso que há “44 estudos” comprovando a eficácia da ivermectina; fake news circula em Natal

Circula uma postagem do site ivmmeta.com, alegando que há 44 estudos que comprovam a eficácia da ivermectina contra covid-19. O site não é científico e, conforme especialistas, vem divulgando falsas pesquisas. Esta e outras referências já circularam para embalar outras fake news sobre a cloroquina, além da ivermectina e do chamado “tratamento precoce”.

Esse e outros sites foram objeto inclusive de matéria na Folha de São Paulo:

FALSO. O conteúdo dos sites hcqmeta.com e ivmmeta.com, citados no manifesto, remete aos mesmos estudos que constam em outro site mencionado, o c19study.com. Ou seja, não são várias meta-análises, mas apenas duas: uma de hidroxicloroquina e outra de ivermectina, ambas do c19study.com. Essas análises não têm nenhum rigor científico.

Leandro Tessler, professor do Instituto de Física Gleb Wataghin e membro do Grupo de Estudos de Desinformação em Redes Sociais (Edres) da Unicamp, explicou que o suposto estudo é uma meta-análise, ou seja, uma análise feita com base em outros trabalhos existentes. Isso, em si, não é o problema: esse tipo de estudo, quando feito de maneira adequada, é importante para a avaliação da eficácia de medicamentos. O problema é que, nesse caso, a análise é feita sem metodologia e rigor científico”.

Matéria completa da Folha de São Paulo se encontra aqui.

Deixe um Comentário