E ficamos assim

O cenário político gerado pela condição de pós-verdade é impressionante. Um órgão do próprio governo – a CGU – atesta superfaturamento nos contratos das emendas secretas, mas os membros da base da própria agem como se o problema fosse mera invenção da mídia e, portanto, não existisse. E ficamos assim.

Leia aqui.

Deixe um Comentário