É preciso ter responsabilidade

Não é hora de conversa troncha para falsas teses de polarização. Uma pessoa perdeu a vida em Foz do Iguaçu por ter o aniversário invadido por um policial penal armado, gritando mito e dando tiros contra um pai de família. Como era guarda municipal, mesmo sendo atingido por dois tiros, ainda conseguiu impedir uma tragédia ainda maior, reagindo ao ataque em sua própria residência contra o crime político em curso.

Não é hora de tergiversar. Só um lado prega a violência, o armamento e a morte como política. Além de um homicídio, já ocorreram dois ataques contra atos de um dos candidatos. Ataque com drone no Paraná e depois com bomba caseira no Rio de Janeiro foram desferidos contra atos de Lula.

É preciso ter responsabilidade e clamar coletivamente para que Jair Bolsonaro seja freado em suas intenções de violência e golpistas contra a democracia. Caso não aconteça, a escalada de radicalismo só tende a ganhar tração.

Deixe um Comentário