Girão segue devendo

O deputado federal General Girão é acusado de financiar atos antidemocráticos. A investigação contra ele alega que ele repassou 51 mil reais para o pagamento de ações de ações contra o congresso e o STF. Ele nega.

Girão é o principal parlamentar da base de apoio do presidente Jair Bolsonaro. Defende a Comissão de Parlamentar de Inquérito contra o Supremo, participa de passeata com faixa que pede intervenção militar. Mas cabe perguntar: o que ele efetivamente vem fazendo em prol do Rio Grande do Norte. Ele está devendo a demonstração disso.

Deixe um Comentário