Justiça obriga o governo do RN a comprar remédio com princípio ativo do Viagra por atraso do Ministério da Saúde e oposição compara a ato distinto das Forças Armadas; entenda a fake news

Em nota, o governo do RN desmente mais uma fake news da oposição. Em face da demora na entrega pelo ministério da saúde, a justiça determinou que o Estado comprasse 900 comprimidos de sildenafila de 20mgs, que serve exclusivamente para hipertensão pulmonar.

Já as forças armadas compraram diretamente 35 mil comprimidos de Viagra, que, apesar do mesmo princípio ativo, tem dosagem de 25, 50 e 100 mgs e serve especificamente para disfunção erétil.

Com a proximidade da eleição e a liderança de Fátima em todas as pesquisas, a tendência é a estratégia aumentar em volume.

Leia a nota na íntegra.

Veja a nota da Sesap:

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) emitiu nota nesta esclarece que a compra de 900 comprimidos de Sildenafila 20mg em 2021, segundo consta no Portal da Transparência, se dá com objetivo de tratamento médico de hipertensão pulmonar, como aponta a dosagem contida nos comprimidos, e ocorreu por força de medida judicial, requisitada por um paciente devido a demora de fornecimento do medicamento por parte do Ministério da Saúde.

Cabe reforçar que a dosagem adquirida segue a orientação médica de destinação exclusiva para tratamento de diagnóstico de pacientes com hipertensão pulmonar e não para disfunção erétil.

A Sesap ressalta manter toda a lisura e a responsabilidade com os processos de aquisição de todo e qualquer medicamento para atender a população do Rio Grande do Norte.

Deixe um Comentário