O intelectual de Bolsonaro

Olavo de Carvalho, o que emplacou dois ministros, alega que metade dos fugitivos da ditadura de Maduro que vem para o Brasil não passam de espiões. Bem, e ainda existe quem leve o dito cujo em consideração.

Deixe um Comentário