O papelão operado pelo SINTRO em Natal

O Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Rio Grande do Norte(Sintro-RN) continua descumprindo decisão judicial. Eles estão em greve desde o dia 22 deste mês, colocando apenas 22% da frota em circulação.

A justiça obrigou a circulação de 30% dos ônibus públicos em Natal. Porém, na prática, já era o que ocorria em decorrência da pandemia. Daí que eles chegaram a um pitoresco raciocínio: resolveram colocar 30% de 30%.

Estado e municípios já abriram mão de parte do ICMS e ISS para a manutenção da tarifa. O Sintro precisa sentar e negociar sem desrespeitar ordem judicial e com argumentação e práticas sólidas.

Deixe um Comentário