Omicron, comemorada como gripezinha (de novo), mata 1308 brasileiros em um dia

No início da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro passou meses dizendo que a covid era uma gripezinha. Mais de 620 mil mortes depois, isto foi repetido por Bolsonaro e outros membros do governo.

Hoje a gripezinha mostrou sua cara. De novo. Foram 197 mil novos casos de covid, num cenário em que a falta de testes no Brasil é a regra, e 1308 óbitos.

Não fosse a vacina, a carnificina estaria correndo em proporção 10 vezes maior.

Deixe um Comentário