Os sem voto

Depois de hoje, com manifestações puxadas pelo Movimento Brasil Livre absolutamente vazias, não será possível mais atribuir atenção a este agente sem pressupor uma força que ele não tem.

Terceira via é coisa de rede social, de twitter. Falta voto.

Historicamente só há dois campos políticos no Brasil desde a redemocratização – o progressista e o conservador.

O progressista é ocupado pelo PT.

O conservador foi comandado pelo PSDB, que o perdeu ao promover a bagunça institucional com o impeachment de Dilma Rousseff. O presidente Jair Bolsonaro monopolizou este bloco e o levou para o extremo radical.

Pelo que foi possível assistir hoje nas ruas, a “terceira via” votará nulo em 2022 ou aceitará algum diálogo com Jair Bolsonaro, que tentará trazê-los para conseguir se reeleger. Isto é, será engolida por quem comanda de fato o campo conservador.

Se a terceira via quiser de fato ganhar a eleição ano que vem terá de recuperar o seu espaço, tarefa que este modesto blogueiro imagina como hercúlea, ao menos até 2022.

Deixe um Comentário