Perdeu

Quem apostou em qualquer perspectiva de conciliação por parte do presidente Jair Bolsonaro.

Ontem (31), ele discursou em cadeia nacional de Tv, distorcendo a fala do diretor geral da Organização Mundial de Saúde. O representante da OMS falou em dificuldades financeiras, para reforçar a necessidade dos Estados ajudarem os mais pobres na situação de crise. Bolsonaro citou trecho descontextualizado, para criar a impressão de que ele defendia o fim do isolamento social.

No entanto, como Bolsonaro foi mais ameno e não atacou diretamente ninguém, apenas se referindo as ações postas em prática contra a covid-19, sua atitude foi tomada como de conciliação.

A postura de paz não demorou 12 horas. Hoje, no dia da mentira, ele publicou um vídeo em seu twitter com um usuário da CEASA de SP. Na peça, ele chama os governadores de canalhas e denuncia desabastecimento de comida.

A CBN foi na Ceasa e constatou que o desabastecimento é falso.

Deixe um Comentário