Por que a afirmação “basta aumentar os leitos contra covid-19” é falsa e tem o objetivo de lhe enganar

Outra falácia para quem quer acabar com o isolamento social, alimentando falsas expectativas – a de que é o isolamento e não a pandemia quem deprime a economia -, é a que diz: basta aumentar os leitos para recepcionar os doentes. Falando assim, da boca pra fora, a situação fica parecendo falta de vontade e/ou de gestão. Porém, trata-se de uma afirmação alicerçada numa confrontação política despida de realidade factual.

Montar um leito para receber doentes pela covid-19 necessita de três pontos fundamentais:

  1. Estrutura física específica, de modo que todo o hospital – ou parte dele – funcione de maneira completamente autonoma. Não pode existir troca de ar, por exemplo, sob pena de levar o contágio para doentes que estão sendo tratados de patologias distintas. Nem todos os hospitais têm condições para tanto;
  2. Equipes médicas próprias. Um médico não pode tratar pacientes da covid-19 e um, por exemplo, com cancer. Deve ficar restrito àquela condição até o término da pandemia;
  3. Um leito não é apenas um quarto e uma cama. Precisa de insumos e, principalmente, de um respirador.

É por isso que, conforme foi dito desde o início, a pandemia esfacela os sistemas de saúde. Mais uma vez por pontos:

  1. Em curto período não é possível montar grandes estruturas isoladas, a não ser por hospitais de campanha recomendados pela organização mundial de saúde;
  2. As equipes médicas são limitadas. Tanto é assim que o ministério da educação liberou a colação de grau de alunos de medicina e outras áreas próximos de se formarem. A pandemia é violenta com quem trabalha em hospitais, chegando a infectar cerca de 25% das equipes. Há dificuldade para contratar novos profissionais;
  3. Este é o aspecto que mais pesa. Está faltando respiradores no mundo todo. Sem respirador, sem leito para covid-19. Não há nenhuma novidade aqui. O tema está sendo exaustivamente debatido desde o final de janeiro de 2020, quando na China, ficou claro que a taxa de hospitalização gerada pela covid-19 era elevada. Aproximadamente, 5% dos alcançados pela pandemia precisam de um leito de UTI por uma média de 14 dias.

O discurso da “gripezinha” elaborado pelo presidente Jair Bolsonaro no início do problema no país, não foi apenas um deslize. Foi uma política de Estado. O Brasil tentou comprar novos respiradores apenas no dia 26 de março de 2020. Como não conseguiu, adquiriu junto a própria indústria nacional. No entanto, dos 14 mil prometidos, apenas 272 foram entregues pela União em todo o país.

Só os governadores que conseguiram importar da China é que tiveram acesso a mais respiradores. Ainda assim, parte dos respiradores foi confiscada pelos EUA em portos americanos. O RN, MA e SP, por exemplo, conseguiram comprar respiradores a um preço 3x maior do que o de mercado pela elevada demanda mundial.

Então, caro leitor, é falsa a tese de que “basta aumentar os leitos para receber os doentes pela covid-19”. Foi cantado em verso e prosa desde o início que, controlar o vírus através do isolamento, era condição fundamental para não colapsar o sistema de saúde. Aliás, não apenas no Brasil, mas em todos lugares em que o coronavírus chegou.

Leia as matérias que sustentam as informações acima nos links em seguida:

Estados e municípios cobram do Ministério da Saúde compra de respiradores, https://jc.ne10.uol.com.br/brasil/2020/03/5604003-estados-e-municipios-cobram-do-ministerio-da-saude-compra-de-respiradores.html?fbclid=IwAR3hHQNhvHMKHWeXqRYzI8RgT_IHCl7B4h2IQU64EOJzo-5WCyXQrumXKyo

Justiça determina entrega de respiradores do RN, http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/justia-a-determina-entrega-de-respiradores-ao-rn/478083?fbclid=IwAR0kb20_8k5SdATJp2EBIq7uZH_dT_t5LfqxOmM0dzL-5mzMZKxZo0v-q98

STF proíbe Saúde de bloquear respiradores comprados pelo Maranhão, https://exame.abril.com.br/brasil/stf-proibe-saude-de-bloquear-respiradores-comprados-pelo-maranhao/?fbclid=IwAR3cI1DD-GpNsRvp9_CyVvspoX7UsnozYswHN3JDCRE0l7Ww2i3xVVROS3A

Doria: em SP não vamos permitir confisco de respiradores pelo governo federal, https://istoe.com.br/doria-em-sp-nao-vamos-permitir-confisco-de-respiradores-pelo-governo-federal/?fbclid=IwAR0GMwR0uq6MHoKWFaBDO34uCq6V-ShOVS0-uJRAwT9XKS2To2TwIyU11lg

Coronavírus: Teich diz que governo vai distribuir 272 respiradores a estados https://oglobo.globo.com/sociedade/coronavirus-teich-diz-que-governo-vai-distribuir-272-respiradores-estados-24393930

Deixe um Comentário