Preocupados com a viabilização pessoal, Rogério e Carlos Eduardo tentam jogar Álvaro Dias na disputa ao governo em 2022

Caro leitor, preste atenção. As movimentações no RN não são pela candidatura ao governo de Álvaro Dias. Ele até começou o processo, fazendo visitas ao interior e impulsionando conteúdo nas redes sociais para todo o estado. Só que ele parou. Na política, sinais importam muito mais do que discurso. E, apesar dele não fechar a possibilidade completamente, não há pré-candidatura em curso vinda do prefeito de Natal. Há mais ou menos um ano do pleito, não se joga parado numa situação com essa.

O que há, na verdade, são setores plantando sua candidatura e tentando empurrá-lo ao pleito. Que setores? Os que partem de Carlos Eduardo Alves, que tem a liderada Aila Cortez estrategicamente posicionada como vice de Álvaro. Caso ele saia, CEA faria sua campanha ao senado em 2022 com a máquina da prefeitura de Natal na mão. O outro é Rogério Marinho, que sonha com uma chapa – Álvaro Dias para o governo e ele para o senado.

Bruno Araújo, presidente nacional do PSDB, tentou lançar no último fim de semana Álvaro ao governo. O presidente do PSDB não conhece a política local. Daí ser preciso ligar os pontos: a entrevista foi dada ao jornal Tribuna do Norte e Rogério tem bom trânsito junto ao tucanato nacional. Precisa dizer algo mais?

Deixe um Comentário