Sem Allyson, Álvaro, Ezequiel e bolsonarismo raiz Fábio Dantas é lançado ao Governo atacando Fátima

Do blog do Barreto

Em um evento marcado pelas ausências de boa parte dos líderes políticos esperados e por ataques contra a governadora Fátima Bezerra (PT) o ex-vice-governador Fábio Dantas (SD) foi lançado candidato ao Governo do Rio Grande do Norte em parceria com o ex-ministro Rogério Marinho (PL) que disputa o Senado.

Faltaram ao evento os prefeitos de Natal e Mossoró respectivamente Álvaro Dias (PSDB) e Allyson Bezerra (SD) e os principais líderes do chamado bolsonarismo raiz, o deputado federal General Girão (PL) e Coronel Azevedo (PL).

Nenhum deputado federal do União Brasil (Carla Dickson e Benes Loecádio) se fez presente além de seu presidente estadual, o ex-senador José Agripino Maia.

Outro nome que a oposição insististe em pôr no rol de aliados, mas que integra o governismo, a ter ausência registrada foi o prrsidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira (PSDB).

Ainda assim Fábio Dantas mostrou confiança de que terá a maioria da oposição. “Teremos a maioria da oposição em todo o Estado, especialmente nos municípios, que é onde a vida brota, onde o sofrimento pela ausência estatal é mais presente. Nos municípios, teremos a grande parte desse sentimento refletido em apoios e na vontade popular de mudança, que converge para a nossa coragem de catalisar esse sentimento de libertação”, garantiu.

No discurso Fábio disse que o projeto tirar Fátima do poder. “Toda a oposição está no projeto de tirar esse desgoverno Fátima. Então, o sentimento de todos é o mesmo e vamos seguir juntos e crescer cada vez mais”, disparou.

Fábio Dantas disse ainda querer apoio dos bolsonaristas e esquerdistas insatisfeitos.

O tom de ataque à governadora também dminou o discurso de Fábio Faria que disse apoiar qualquer nome para tirar Fátima. “O que não podemos é ter mais quatro anos desse governo que nada fez pela população do RN. Todas as obras aqui foram no Governo Bolsonaro e ela ainda tentou atrapalhar, como na barragem de Oiticica”, completou.

Deixe um Comentário