Sintomas da erosão da democracia no Brasil

O ministro do turismo, o que comandou uma rede de laranjas na campanha e ameaçou correligionários, já caiu?

O ministro da justiça, o que quebrou o sigilo de processos e de operações em andamento para favorecer o partido do presidente, já caiu?

Se não, são sinais escancarados de que não estamos vivendo tempos de normalidade democrática.

Em qualquer outra situação, teríamos editoriais inflamados contra o uso político da polícia federal e sobre a falta de condições de um líder de um laranjal permanecer como chefe de uma pasta de governo. Protestos no legislativo parariam a agenda de aprovação de projetos. As redes sociais e até militantes nas ruas não dariam sossego.

Deixe um Comentário