Styvenson ataca quem lhe ajudou a chegar ao senado

Foi a imprensa do RN que ergueu Styvenson como figura destemida contra os poderosos. Mesmo quando ele sinalizava com candidatura, sem apresentar nada do que faria, recebeu todo espaço. Chamar a mesma imprensa hoje de suja, como ele fez em live ao falar sobre o auxílio emergencial recebido pela irmã, não soa apenas autoritário. Representa injustiça contra os fatos.

A imprensa inclusive poderia aproveitar o momento para fazer mea culpa, pois colocou a honestidade de um servidor público como qualidade excepcional e não como pressuposto.

Resultado: temos senador que usa rede social pra mostrar superioridade moral, atacar todo mundo. Mas faz pouco pelo RN.

Deixe um Comentário