Styvenson dorme no ponto

O capital Styvenson foi eleito pela força das circunstâncias históricas de 2018. Não é político, não agrega e não tem pensamento estratégico. Se tivesse, já estaria ocupando o lugar deixado pelo grupo de oposição que ainda não tem pré-candidato ao governo. Ele se diz pré-candidato, mas até agora ninguém sabe a razão e o que pretende fazer.

O restante da oposição quer qualquer candidato na ponta da chapa, menos Styvenson. Apesar de pontuar bem nas pesquisas, não é muito dado a conversa com a classe política do RN.

Deixe um Comentário