​500 anos da Reforma Protestante são comemorados em conferência na capital potiguar

​500 anos da Reforma Protestante são comemorados em conferência na capital potiguar

*500 anos da Reforma Protestante são comemorados em conferência na capital potiguar* 
No dia 31 de outubro de 1517, o monge Martinho Lutero pregou 95 teses teológicas na porta da Catedral de Wittemberg, na Alemanha. O ato marcou o início do movimento que ficou conhecido no mundo inteiro como Reforma Protestante e gerou transformações religiosas que duram até hoje.

No próximo mês de outubro, quando serão comemorados os 500 anos da publicação das teses de Lutero, Natal vai receber a 1ª Conferência Koinonia Jovem, com tema “500 anos anos da Reforma Protestante – mandamentos e princípios”. De acordo com a coordenação, o evento visa debater as heranças deixadas pelos reformadores aos cristãos atuais.

 

Segundo o Censo do IBGE realizado em 2010, o Brasil tem mais de 42 milhões de evangélicos, cujas igrejas surgiram da Reforma Protestante. Somente em Natal, cerca de 20% da população professa ser evangélica.    
Para o pastor Roque Albuquerque, da Igreja Batista do Calvário de Fortaleza (CE), apesar de ter mudado principalmente doutrinas e práticas religiosas, a Reforma teve muitas outras motivações. “Foram, por exemplo, razões geográficas e econômicas que fizeram com que as Nações Estado quisessem se libertar do domínio do imperialismo religioso católico. Também tem a causa moral, a devassidão, a maneira como muitos bispos e padres se conduziam em concubinatos e corrupção generalizada. Fatores que vão do social ao teológico, como a venda de indulgências”, explica.
Palestrante principal do evento, pastor Roque é considerado umas das maiores autoridades do país no assunto. Doutor em Estudos da Linguagem e Filosofia, além de ser pós-doutorando pela Universidade de Minnesota (EUA), ele afirma que, para além das várias razões da reforma, pretende discutir trechos bíblicos e as mudanças mais marcantes provocadas por esse movimento de retorno às doutrinas ensinadas pelos apóstolos no Novo Testamento.

 

“Para mim, um dos mais importantes é o sacerdócio de todos os crentes. Isso tem um grande impacto no mundo”, comenta o palestrante. A partir dessa perspectiva, o homem passa a não depender de uma instituição ou um líder espiritual para ter comunhão direta com Deus, sendo Jesus o único intermediador entre Deus e o ser humano.    
A conferência acontece nos dias 13 e 14 de outubro no auditório do Lainas Place Hotel, no bairro Ponta Negra. Além das palestras, haverá uma mesa redonda com teólogos, historiadores e pastores evangélicos a respeito das doutrinas reformadas.  
 *Conferência Koinonia* 
O Ministério Koinonia Jovem atua há 11 anos na promoção de congressos voltados aos jovens de igrejas Batistas do Rio Grande do Norte e de outros estados do Nordeste. Realizando pela primeira vez uma conferência teológica, a coordenação quer firmar o evento na agenda anual das igrejas evangélicas de diferentes denominações.
“Esperamos que esses encontros possam acrescentar na edificação e no desenvolvimento da maturidade das igrejas, não apenas do solo potiguar, mas também dos nossos estados vizinhos e do Brasil inteiro”, afirma Ciro Peixoto, um dos coordenadores do Koinonia. Ele explica que as programações de 2018 e 2019 já estão em fase de conclusão para que as pessoas possam se programar com bastante antecedência.
As inscrições podem ser feitas no site do ministério – http://www.ministeriokoinonia.com.br – e seguem com preço promocional de R$ 60 até o dia 30 de setembro. A partir desta data, elas passam a valer R$ 75. As vagas são limitadas.
 *Serviço* 

 *O quê*: Conferência Koinonia Jovem – 500 anos da Reforma Protestante – mandamentos e princípios

 *Quando*: Dias 13 e 14 de outubro

 *Onde*: Lainas Place Hotel, Rua Pedro Fonseca Filho, 9028, Ponta Negra, Natal/RN

 *Inscrições*: http://www.ministeriokoinonia.com.br

 *Investimento*: R$ 60 até o dia 30 de setembro. A partir de 1º outubro, passa a valer R$ 75

Deixe uma resposta