A esquerda ama odiar a rede Globo

O fantástico faz uma matéria de 40 minutos sobre a vereadora assassinada Marielle Franco e, ainda assim, recebe críticas da militância de esquerda. Isso já é algo que ultrapassa o terreno da sanha.

As racionalizações do ódio são as mais variadas. Uns falam em “captura” do símbolo que ela se tornou. Outros que seria uma forma de neutralizá la. Enfim, a Globo age pelos fins mais conspiratórios e não porque simplesmente produziu uma cobertura sobre tema de comoção nacional.

O interessante é que, por outro lado, a direita radical bate na mesma globo por fazer matéria longa sobre a morte e vida de Marielle. Sentindo que perderam espaço, tentam fazer comparações infelizes sobre o tempo de cobertura dado a morte de um policial e da vereadora.

Algo é certo. Quem é da esquerda ou da direita radicais só assiste o plim plim e adora odiá la.

Deixe um Comentário