Americanos cercam o Governo de olho no pré-sal

Parece script de filme americano, e é. Na visita de última hora ao presidente Michel Temer, o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, forjou uma pauta de intenção humanitária – a imigração de venezuelanos para o Brasil – mas a intenção foi deixar um recado claro para o Governo brasileiro. Representante indireto dos maiores financiadores do presidente Donald Trump, as petroleiras Exxon e Chevron, Pence deu sinais de que os americanos esperam que o Governo mantenha a política de vendas dos campos de exploração do pré-sal no litoral. As americanas estão comprando tudo, claro.

A vinda de Pence foi decidida assim que Pedro Parente deixou a presidência da Petrobras. Os investidores americanos ficaram preocupados.

Brasil, com o pré-sal de reserva gigantesca a ser explorada, e Venezuela, com a maior reserva de petróleo do planeta, viraram prioridades para as petroleiras americanas.

Coluna Esplanada

Deixe uma resposta