Jair Bolsonaro se comporta como se ainda estivesse no Superpop

JAIR BOLSONARO SE COMPORTA COMO SE ESTIVESSE NO SUPERPOP

O hoje presidente Jair Bolsonaro fez fama, falando absurdos como deputado federal de baixo clero e polemizando em programas populares. Um que sempre visitou foi o superpop da redetv e apresentado por Luciana Gimenez.

Lá, ele falava impropérios, defendia ditadura, morte de criminosos, etc, o que o ajudou a construir a ideia de político outsider. Só que agora ele é o poder, é o presidente da república. Ainda assim não mudou seu comportamento.

Na sua ânsia de sempre provocar ataques e divisões na sociedade, determinou que o 31 de março, dia do golpe militar de 1964, seja feito com muitas comemorações, algo que despertou um comportamento reticente na própria cúpula das próprias forças armadas. Conforme a imprensa, seus representantes nacionais acreditam que o ato se constitui como uma provocação geral desnecessária e nada construtiva. São militares falando isto contra um civil. Fato: flertamos com o abismo.

Deixe uma resposta