João Maia se pronuncia sobre Operação Via Trajana e diz estar tranquilo

Do Agora RN – O ex-deputado federal João Maia emitiu nota a respeito da Operação Via Trajana deflagrada nesta terça-feira, 31, pela Polícia Federal. A polícia cumpriu nesta manhã um mandado de busca e apreensão na residência do ex-deputado. A ação desta terça é um desdobramento da Operação Via Ápia que investiga desvios de recursos públicos que deveriam ser usados para obras de rodovias federais no RN. O ex-deputado declarou que estava tranquilo e que acredita na Justiça. Maia disse ainda que havia sido alertado que esse tipo de ação poderia acontecer devido à proximidade do processo eleitoral.

De acordo com Gledson Maia, que é sobrinho do ex-deputado e delator na investigação, João era o principal beneficiário no esquema, que segundo o Ministério Público, desviou em torno de R$ 2 milhões. Gledson também está sendo investigado na operação.

Ação foi determinada pelo juiz federal Eduardo Dantas, em substituição na 2ª Vara Federal, o magistrado emitiu mandado de busca e apreensão em residências e escritórios de 25 endereços, o que foi cumprido nesta manhã. O processo está em segredo de Justiça. O instrumento da busca e apreensão pressupõe prova de crime e indício de autoria, mas não significa juízo de culpa ou condenação.

Leia a nota:

À minha família, aos amigos e a todos os conterrâneos do Rio Grande do Norte: Hoje, às seis da manhã, minha família foi acordada com mandado de busca e apreensão. Soube por terceiros, como sempre, que se trata de desdobramento de uma delação sobre um processo que se desenrola desde 2009. Espero que agora possa saber exatamente se sou acusado e, de que sou, para poder me defender na justiça, em quem acredito e sempre vou acreditar. Avisaram-me, muitas vezes, que a proximidade do processo eleitoral poderia ensejar esse tipo de ação, não quis acreditar, mas estranhamente aconteceu. Continuo tranquilo, firme nos meus propósitos, com fé em Deus e na Justiça.

João da Silva Maia

Deixe uma resposta