08/03/2016
Pré-candidato a prefeito em Goianinha rebete polêmica envolvendo o local de convenção
Phablo Galvão Phablo Galvão
O pré-candidato à prefeito de Goianinha pelo DEM, Renato Lima, usou sua rede social nesta quarta-feira (03/8) para rebater às críticas espalhadas na rede por um perfil 'fake' sobre o local da realização da convenção dos partidos DEM, PTN, PSB, PP, PTdoB, PV e PEN no último sábado (30/7). O perfil fake nominado 'Goianinha Vota' causou polêmica ao afirmar que a convenção tinha sido realizada em um Bar. Segundo Lima, as citações foram discriminatórias e de menosprezo ao restaurante.

"Esclareço a todos, que a nossa convenção foi realizada, seguindo TODAS as exigências eleitorais, no RESTAURANTE Galinha Caipira. Consultamos nosso grupo jurídico e tudo foi feito dentro da lei. O bar do restaurante ficou fechado durante o evento, haviam policiais presentes e o ambiente foi altamente familiar e acolhedor. Não houve briga, não houve confusão, muito pelo contrário. Sou um cidadão responsável, e jamais faria algo pra ferir minha pré-candidatura, ou ferir as pessoas ali presentes e principalmente minha família que foi nos prestigiar. Haviam ali, mães, pais, crianças... muitas crianças, como meu filho de 4 anos. O ambiente estava alegre, repleto de representantes do povo, trabalhadores e muitas pessoas humildes de nossa cidade", rebateu Renato.   

O pré-candidato à prefeito esclareceu ainda que a sua convenção, ao contrário do bloco governista, não teve bandeiras, banners e nem a presença de grandes grupos de políticos potiguares, mas que teve ali o essencial: o seu povo.

"É impressionante, como o comentário feito por esse cidadão menospreza o restaurante do amigo Misso - um contribuinte desta cidade, que ganha seu dinheiro de forma honesta, e que gentilmente cedeu seu espaço, sem cobrar nada, para que pudéssemos realizar nosso evento. Precisamos SIM, viver em uma sociedade mais altruísta e com menos soberba, e não podemos apoiar esse tipo de comentário desrespeitoso e preconceituoso. Acreditamos que política se faz indo ao encontro do povo, pois como diz um grande amigo, "é no simples que encontramos o belo!" Não nos foi oferecido um espaço como um ginásio, e nem achamos que seria necessário ser num ginásio. Não tivemos bandeiras, banners, e não tivemos a presença de grandes grupos de políticos potiguares, mas tivemos ali o essencial: o nosso povo", prosseguiu.

Renato Lima conclui o desabafo dizendo que na convenção eles fizeram o essencial ao passar a mensagem do partido. "Fizemos tudo dentro de nossas condições, com dinheiro do próprio bolso, seguindo todas as regras, e o povo de Goianinha bem como os empresários locais e nossa equipe que trabalhou duro para receber todos ali, não merecemos esse tipo de discriminação, porque isso fere a democracia. Seguiremos em frente! Com os pés no chão e cabeça erguida. vamos a luta", falou. 
 


  • Publicado por
  • Phablo Galvão



DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentar com Facebook