O MEC se transformou numa junta inquisitorial

Durkheim censurado por ser de esquerda. Rousseau por ser crítico da religião. Nietzsche por ser contrário aos valores cristãos. Não, não descrevo uma junta inquisitorial, mas uma ação do Ministério da Educação em pleno 2019. Outros filósofos e debates foram foram censurados em uma tv na internet para surdos mantida pelo MEC.

Deixe uma resposta