PF investiga propina a funcionário da Transpetro em nova fase da Lava Jato

A Polícia Federal cumpre nesta terça-feira um mandado de prisão, cinco mandados de condução coercitiva e oito de busca e apreensão como parte de uma nova fase da operação Lava Jato, tendo como alvo a investigação de repasses ilegais de uma empreiteira a um funcionário da Transpetro, uma subsidiária da Petrobras, informou a PF em comunicado.

 

Os mandados serão cumpridos nos Estados da Bahia, Sergipe, Santa Catarina e São Paulo como parte da operação.

De acordo com a PF, uma das empresas investigadas pela operacionalização do esquema de repasses ilegais de uma empreiteira não identificada para o funcionário da Transpetro se chama Sirius.

Reuters

Deixe uma resposta