Prestes a assumir, Ney quer manter imagem positiva conquistada da CMN

Prestes a assumir, Ney quer manter imagem positiva conquistada da CMN

Do PORTAL AGORA RN

A partir das 10h desta segunda-feira 31, a Câmara Municipal de Natal tem novo presidente: o vereador Ney Lopes Jr. (PSD). Ney assume interinamente após Raniere Barbosa (PDT), que teve seu nome citado pelo Ministério Público em investigações da chamada “Operação Cidade Luz, ser afastado por ordem judicial. Em entrevista ao Portal Agora RN, Ney Lopes Jr. contou que sua filosofia de trabalho como chefe do Legislativo municipal será dar continuidade à manutenção da imagem positiva conquistada pela Câmara ao longo dos seis primeiros meses de gestão de Raniere.

“A minha gestão, que não posso precisar o tempo de duração, será para manter essa imagem positiva da Câmara de Natal que construímos nos últimos seis meses, e conto com a ajuda de todos os vereadores”, disse o vereador, que não acredita que as investigações do MPRN tenham respingado na Casa. “Politicamente, a Câmara não foi atingida, diante do fato que o vereador e presidente, Raniere Barbosa, foi afastado por ações supostamente cometidas enquanto ele estava no exercício da Semsur. Então, a Casa não foi atingida nem no seu conceito e nem nos seus vereadores”.

Muito embora tome posse como presidente, Ney admite que ainda precisa conhecer o âmbito administrativo da Câmara. Conversar com os diretores do parlamento será sua primeira medida após tomar posse. “Vou me reunir com a direção da Casa para saber quais são os processos em andamento – tanto de forma administrativa, quanto politicamente falando. Isso precisa acontecer para que eu tome pé da situação; preciso saber a situação da Câmara hoje, principalmente administrativamente falando. Os diretores da Câmara, como o diretor-geral e o financeiro, vão me passar quais são a reais situações da Câmara para que possamos iniciar a gestão”.

A expectativa de Ney para o segundo semestre na Câmara é que os parlamentares deem início à votação de projetos importantes para Natal, sobretudo na questão do Plano Diretor, que completou dez anos em 2017 e está em vias de ser revisado. “Já estava previsto à apreciação do Plano Diretor, vou ouvir o que o prefeito Carlos Eduardo tem a dizer, mas a decisão será minha, juntamente aos colegas vereadores. Pela manhã, já falei com o prefeito, e tão logo tome posse na Câmara, o prefeito me chamará para uma audiência, porque ele pretende mandar mensagens para a Câmara. Vamos definir quais serão os projetos a serem votados, e quais serão colocados na ordem do dia. Regimentalmente, esta é uma prerrogativa do presidente”, explica.

Deixe uma resposta