ENTENDA O PORQUÊ: Não faz sentido o governo Fátima enviar um projeto de ajuste fiscal para a assembleia agora

O governo Fátima Bezerra ainda não enviou um amplo projeto de ajuste fiscal e reforma da previdência estadual para a assembleia. Algumas iniciativas específicas já foram apresentadas ao legislativo e já aprovadas. Há uma grande expectativa para tanto desde o primeiro da nova administração. Mas por qual razão o governo ainda não enviou um duro …

Centro de convenções será o primeiro equipamento público a ser repassado à iniciativa privada pelo governo Fátima

Já está sendo preparada a primeira Parceria Público Privada do governo Fátima. Ela será feita no centro de convenções, equipamento público situado na via costeira. A ideia é entregar sua administração à iniciativa privada. O formato já está sendo preparado pela equipe do governo, conforme o índio poti tomou conhecimento. Ainda conforme a fonte governamental …

O que oposição à governadora Fátima espera

Em conversa com soldados, capitães e generais de grupos que provavelmente farão oposição à governadora Fátima, é possível compreender suas aspirações contra o novo governo. Ora, cabe um parêntese. Deixemos o falatório oco de lado. Toda oposição espera que o grupo que está governando não faça um bom mandato. A oposição à Fátima não será …

Governo Fátima caminha na estratégia de reforma da previdência estadual

O diretor do instituto de previdência do RN, Nereu Linhares, lançou a proposta: que os poderes (TJ, MP, TCE, AL e Defensoria) ajudem a pagar os salários dos seus aposentados, em especial aqueles de antes de 2005, época em que eles ainda não contribuíam. O rombo mensal da previdência estadual é de 130 milhões e …

Também responsável pela crise fiscal, a assembleia legislativa não pode mais agir de forma inconsequente

Robinson Faria mandou o ajuste fiscal para a assembleia de modo extemporâneo. Deveria ter enviado em 2015, mas só mandou em 2017. Ainda assim, a legislatura anterior não colaborou. Vetou o ajuste e ainda aumentou os gastos com o inconsequente aumento dos gastos da máquina estadual. Os deputados estaduais não podem faltar agora. Devem sair …

Esquerda do RN precisa aceitar o ajuste fiscal que virá

A equipe de planejamento de Fátima é bastante consciente de que precisa fazer um amplo ajuste fiscal. Suas indicações objetivas na esfera pública caminham nesse sentido. Lembro que, ainda em 2015 no início da gestão de Robinson, Aldemir Freire, hoje secretário de planejamento, o mestrando em demografia Thiago Lima e eu falávamos, contra a maioria …

O itinerário de Fátima para legitimar o ajuste fiscal

A governadora eleita Fátima Bezerra segue o itinerário para legitimar o duro ajuste fiscal que virá com um manual da política na mão. Primeiro, mostrou que o RN está afundado do ponto vista fiscal. Agora, “peita os fortes” (pelo que se sabe pela imorensa em acordo com eles), através do corte de repasses aos poderes …

Parabéns, deputados: continuaremos quebrados, vamos comemorar!

PARABÉNS, DEPUTADOS ESTADUAIS: CONTINUAREMOS QUEBRADOS, VAMOS COMEMORAR!   É um momento muito importante na história do Rio Grande do Norte. A parte estrutural do ajuste fiscal proposto pelo governo foi recusado pela Assembleia. Os deputados estaduais estão de parabéns. Não apenas eles, mas outros grupos também.   PARABÉNS, PODERES   É preciso parabenizar os representantes …

Extinto pela União em 2001, manutenção do adicional por tempo de serviço é um tapa na cara do RN

O Adicional Por Tempo de Serviço foi extinto em 2001 pelo governo federal. Diversos Estados já aboliram o benefício. O restante atua para acabar com ele. Aqui ele foi mantido pela Assembleia, que recusou o assunto no pacote de ajuste fiscal proposto pelo governo. A gratificação, com outras incorporações, faz com que ASGs cheguem a …

Convocação extraordinária da Assembleia termina com apenas 8 projetos do ajuste aprovados

POR AGORA RN A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte encerrou nesta quarta-feira, 31, a convocação extraordinária para análise de projetos de recuperação fiscal encaminhados pelo Poder Executivo. Durante vinte dias, os deputados estaduais se debruçaram sobre 20 medidas. Deste pacote, 8 matérias foram aprovadas, 1 foi rejeitada e outras 11 continuam pendentes ou …