Afinação

Entre Paulinho Freire, presidente da Câmara municipal do Natal, e o prefeito de cidade Álvaro Dias é total. Freire fez questão de afirmar isto na recém abertura dos trabalhos da casa. Não existirá, portanto, distanciamento entre o legislativo municipal e o executivo, ao contrário do que ocorreu no passado.

Câmara federal manda recado ao governo

Ao derrubar decreto do governo, que previa o aumento de sigilo de documentos e restrições na lei de acesso à informação, a câmara federal manda aviso. Há muito deputado insatisfeito e a interlocução do executivo com o legislativo precisa melhorar. Do contrário, nada de reforma da previdência.

A governadora eleita precisa estabelecer gestos simbólicos para ganhar a opinião pública em prol do ajuste fiscal

O efeito fiscal é nulo. Porém, há gestos simbólicos que ajudam a ganhar a opinião pública no quesito necessidade de implementar um duro ajuste fiscal no RN. Nesse sentido, a governadora eleita Fátima Bezerra precisará empreender ações simpáticas ao povo, demonstrando que corta na própria carne. Supressão ou fusão de secretarias pode ser uma delas. …

Bagunça institucional como consequência lógica

BAGUNÇA INSTITUCIONAL COMO CONSEQUÊNCIA LÓGICA A preocupação das agremiações partidárias é mais do que legítima. Bolsonaro, ao empoderar os militares no poder e defender abertamente o fim da negociação com os partidos em prol da governabilidade, vai colocá los como fortes postulantes em 2020. Os militares utilizarão da vitrine governamental, dos recursos fiscais e administrativos, …

Por que a OAB RN não luta pelos 500 milhões do TJ RN na segurança?

Seria mais efetivo do que falar em gestão de caixa vazio. O Estado já ganhou em várias instâncias para que o recurso volte para o caixa do executivo, mas os magistrados, através de sua associação, seguem recorrendo.