Déficit previdenciário do Rio Grande do Norte aumentou 160% em três anos

Do Portal Agora RN Com dificuldades para pagar os seus servidores ativos e inativos, o Governo do Estado está observando, ano após ano, o seu déficit previdenciário aumentar. O valor, que era de R$ 50,7 milhões em janeiro de 2014 (último ano da gestão de Rosalba Ciarlini) bateu a casa dos R$ 132,3 milhões em …

Dados sobre o rombo da previdência do RN assustam; a reforma do Ipern é urgente

Os números abaixo da situação do instituto de previdência do RN dão a dimensão do abacaxi a ser descascado. Ou melhor, da bomba relógio a ser desarmada.  – Hoje, há 1,05 servidor na ativa para 1 aposentado/pensionista; – Do quantitativo de cerca de 51 mil servidores aposentados/pensionistas, apenas 8700 seguem contribuindo previdenciariamente; – O rombo …

Sem aumento da alíquota previdenciária, Ipern será insustentável e recurso para por salários em dia não virá

O RN tem a impressionante marca de 53 mil servidores na ativa para 50 mil aposentados e pensionistas. Quatro trabalhadores seria a proporção adequada para sustentar um aposentado. Aqui estamos falando de um para um. A conta não fecha. A previdência do RN representa o maior rombo hoje nas contas públicas das terras de poti. …

Estranho RN: a falta de discurso técnico, o FUNFIR e os torcedores do caos

Em crise, o Estado deve se endividar. Depois que a arrecadação normalizar, ele passa a recompor seu caixa. Assim aprendi nas minhas leituras. O tesouro do RN é favorável a tal operação. É um dos menos endividados do país, mas enfrenta problemas conjunturais de custeio. No RN, querem fazer o contrário: sem dinheiro pra pagar …

Defensores do fundo previdenciário querem passar fome aos 30 pela garantia dos 60

Esta é a lógica de quem quer proteger o restante do fundo previdenciário estadual, que ainda conta com pouco mais de 320 milhões. Ora, não há sentido em manter poupança em tempo de crise. Em guardar dinheiro para futuros aposentados com os atuais, recebendo em atraso. Prejudica o servidor e trava a economia. Os servidores …