As privatizações do Temer

Carecem de legitimidade. A questão não é debater se elas são boas ou não. Isto ocorreria numa boa numa eleição ou após um governo forte ser empossado. Não é o caso de Temer. Michel Temer é um presidente moribundo sem a menor condição, sem qualquer legitimidade para tocar um programa de privatizações de tal envergadura.

Governo anuncia privatização de aeroportos, Casa da Moeda, pré-sal e rodovias

O governo federal confirmou, nesta quarta-feira, um pacote de 57 projetos que serão incluídos no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) para serem colocados à venda ou concedidos ao setor privado. Além da privatização da Eletrobras, na tentativa de estimular a economia e obter receitas para ajudar a fechar as contas públicas, estão na lista …